Photo: You X Ventures
Mercado

Como se destacar no estágio de comunicação?

Nossa convidada de hoje é referência no que faz. Com sua vivência antes mesmo de se formar, Camila trás consigo dicas imperdíveis sobre o mercado da comunicação e de como você pode se destacar durante seu processo de estágio.  

Camila Amorim, formada em Publicidade e Propaganda em Agosto/2018 pelo Uni-BH. Diretora de Negócios na G30, apaixonada por números, métricas e planilhas. Primeiro contato com o mercado foi através de estágio na área de mídia. Hoje atua diretamente com relacionamento com o cliente, novos clientes da agência, projetos e gestão das equipes de mídia, digital e gerência de projetos. Projetos com clientes de segmentos como: saúde, estética, produtos alimentícios, proteção veicular, calçados, shoppings, instituições filantrópicas, industrias automotivas, entre outros.

Confira abaixo como foi nosso bate-papo. 

 de Beca: Na sua visão, qual a importância de se realizar um estágio dentro do mercado de comunicação? 

CA:O estágio é fundamental. O embasamento teórico da faculdade e de alguns trabalhos em grupo já conseguem dar uma noção para gente do que é realmente trabalhar na área de comunicação, mas o estágio é a vivência e a prática, o que contribui muito para a formação do profissional. Você passa a ter vivência com pessoas que já estão na área e que lidam com todo o esquema, onde esses profissionais mostram como é o dia a dia de fato, o que você precisa saber e qual a melhorar maneira de trabalhar, saindo somente da teoria.

 de Beca: Você que trabalha em uma agência, que dica daria para quem pretende iniciar um estágio nessa área? 

CA: A dica que eu dou para quem quer iniciar no estágio nessa área é: vá com muita força de vontade, com sangue no olho, vai com vontade de aprender. Os profissionais que estão nas empresas têm fome de estagiários sangue no olho, nós queremos ver os estagiários sugando o máximo da gente, perguntando, tendo dúvidas e querendo entender sobre as coisas, é muito prazeroso isso. Então a dica que eu dou para quem vai iniciar ao estágio é ir com sangue nos olhos, muita fome e muita vontade de aprender, esse o momento de errar, momento de consertar, e de se envolver com o local que vai trabalhar. Uma outra dica importante são os estudos paralelos também, onde podemos encontrar vários cursos gratuitos da nossa área disponíveis, pois o mercado está aberto para quem tem vontade. 

 de Beca: Qual o perfil essencial que um estagiário deve ter quando se iniciar um estágio? 

CA:O perfil essencial de um estagiário é aquele com vontade de aprender, que tem disposição, que seja atento naquilo que o profissional está passando para ele, porque é um momento de aprendizado. É também esperado que o estagiário seja proativo, por mais que ele esteja ali para aprender, é o primeiro contato da carreira dele, então ele precisa sugar o máximo possível. Não fazer só o básico, visando que logo ele pode não ser um estagiário e precisa ter aproveitado todas oportunidades de aprender com outros profissionais.

Tô de Beca: Como você considera o estágio não remunerado? Você já teve alguma experiência dessa forma? 

CA: Eu não trabalhei em estágios não remunerados, mas já trabalhei com projetos que eu acreditava nas causas. Tudo é uma experiência na vida, acho que o máximo que a gente consegue sugar das experiências contribui para o nosso crescimento profissional. Nem sempre a gente precisa ir por causa do dinheiro, acredito que nesse início de carreira é importante conhecer de tudo um pouco, ter contato com pessoas, talvez esse momento pode ser que não renda nada em relação financeira, mas a experiência e o aprendizado que você vai ter te renderá bons frutos.

 de Beca: Que dica você dá, aos universitários que estão em casa nesse período de quarentena, para se preparem para o mercado de trabalho? 

CA:A dica que eu dou é: se prepare! O mercado está aí para vocês. Leia bons livros, não tenha preguiça e desânimo de ler, pois isso vai fazer muita falta na formação. E principalmente nessa quarentena, várias empresas e startups estão disponibilizando muitos cursos, então vale sugar o máximo, baixar cursos, ebooks, podcasts de pessoas da área, aproveitar também as lives de agências e profissionais no mercado. E não esqueça de se atentar à criatividade, para quem é da área de criação: ousem! Analisem peças publicitárias, vejam campanhas que tiveram sucesso, coloquem a mente pra pipocar mesmo. É um momento de preparação para quem souber aproveitar a quarentena pois, estamos tendo um tempo que nós não tínhamos na vida corrida do dia a dia.

 de Beca: Deixe aqui uma dica se série, filme, ou algum conteúdo online que possa ajudar os alunos que seguem nessa mesma área. 

Opinião: É legal a gente ter o equilíbrio, e para quem é da área, esse filme deixa a mente pipocando de ideias.  

  • Ponte aérea– Publicitária viciada em trabalho, com vários projetos em jogo. 

Opinião: Mostra uma realidade da rotina do publicitário, e o equilíbrio para a mente ter novas ideias. 

Opinião: A série mostra enigmas. Na área de comunicação é importante essa leitura, e o olhar atento a todas as coisas. A série desperta nosso olhar para uma leitura “entre linhas” das coisas.

Opinião: Em nossa área é preciso estar atento à todos detalhes. 

Bom, deu pra entender que o estágio é muitíssimo importante, né? Você pode encontrar a Camila em seu perfil do Linkedin e conhecer essa profissional incrível um pouco mais de perto.

 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *